Voltar para a página inicial
 
 
 
 
....Cidade histórica e polêmica desde os seus primórdios. Por ela passava a linha imaginária do tratado de Tordesilhas, que dividia o mundo entre Portugal e Espanha, as duas maiores potências do mundo na época.
 
....Disputada entre os dois reinos e pela cobiça de aventureiros e piratas, devido as suas riquezas.
 
....Para reivindicá-la à coroa portuguesa, chega aqui em 24 de janeiro de 1502, a expedição comandada por Gaspar de Lemos e o cartógrafo Américo Vespúcio que dando o topônimo a baías, cabos e enseadas deu o nome de Barra do Rio Cananor.
 
....Trazia com eles um "misterioso bacharel", cristão novo degredado por El Rei de Portugal, como consta no livro dos Degredos no Museu do Tombo em Lisboa - a 25 graus de Ladeza da costa sul do grande mar Oceano, o que coincidia com a ilha do meio ( Ilha do Cardoso) onde fixaram o marco do tratado de Tordesilhas (Itacuruçá) em frente à Ilha do Bom Abrigo (Expulsão datada em 1497 bem antes, portanto, do Descobrimento do Brasil ).
 
....Aqui o Bacharel fez fortuna e História . Conta-se que negociava lotes de 800 escravos, e dava guarida e aguada a quem lhe pagasse e lhe prestasse obediência, financiando expedições à bacia do prata e ao interior da futura capitania em busca de ouro, prata e a captura de índios, para comercializar como escravos.
....Uma laje no museu dos descobrimentos na torre do tombo em Portugal com a inscrição: "Porto Seguro 1500 - Cananéia 1502 - Bacia do Prata 1514."
 
....Segue a polêmica: "Seria Cananéia o Povoado mais antigo do Brasil?
 
....Consta no Diário de Navegação da Armada de Pêro Lopes, irmão de Martim Afonso, que na chegada da expedição colonizadora de Martim Afonso de Souza, em 1531, encontrou o misterioso Bacharel, 6 europeus vivendo em família, duzentos mestiços e mais de mil e quinhentos índios vivendo na comunidade de Maratayama como era chamada a antiga Cananéia.
 
COPYRIGHT © 2015 - Guiadecananeia.com.br - Todos os direitos reservados Produzido por: DM Arts Networks
Visite o nosso website